Roncon não concorda com as críticas recebidas pelo jornalista Rafael ventura. (Foto: Guilherme Duarte/DiárioRP)

O vice-prefeito de Ribeirão pires, Gabriel Eid Roncon (PTB) abriu um processo contra o jornalista Rafael Ventura depois que Ventura fez críticas a Roncon por como vem atuando no cargo de vice-prefeito.

As críticas foram feitas através do “Blog do Ventura”, espaço dentro do portal do DiárioRP onde o jornalista escreve suas opiniões sobre o cenário político da cidade.

Continua Após a Publicidade

Na petição inicial, através de sua advogada, Gabriel diz que o jornalista está cometendo perseguição política e que em um dos artigos publicados, Ventura atribuiu falsamente a Roncon e Kiko o defeito de serem preguiçosos o que, segundo a advogada, não é verdade.

No documento a advogada ainda comenta, sem citar o nome, os casos do servidor Leandro Majerelle, em que foi filmado agredindo pessoas, verbalmente e fisicamente. Ela afirma que não há nenhuma comprovação de que ele tenha realmente feito isso. No texto Ventura havia criticado o fato de Kiko e Gabriel não tomarem nenhuma atitude oficial em relação às atitudes do servidor, que é comissionado.

A advogada ainda diz que Roncon ficou ofendido quando Ventura disse que ele deveria parar de gravar videozinhos para as redes sociais agindo como um influenciador digital Teen e começar a trabalhar de verdade. No pedido, Roncon ainda cita várias outras matérias e distorcendo o que o jornalista disse, também distorceu os fatos apresentados para fundamentar a opinião do jornalista.

Ao final, pede que, em caráter liminar, o juiz ordene a exclusão de todas as matérias, numa clara tentativa de censura a imprensa e a liberdade de expressão e que condene ventura a pagar indenização de R$ 20 mil reais a Roncon. “É evidente a perseguição e tentativa de censura. Vivemos em um país democrático e eu tenho o direito constitucional de falar o que penso, desde que eu não minta ou ofenda ninguém, o que nunca aconteceu. Sempre dei minhas opiniões com responsabilidade, respaldadas na ética profissional. Não tenho medo. Vou seguir fazendo o meu trabalho, e tenho certeza que a justiça e a verdade vão vencer”, disse Ventura, que também é Diretor de Jornalismo do Diário de Ribeirão Pires.