A empresa contratada pela Prefeitura de Ribeirão Pires sem licitação na última semana foi alvo de uma operação do Ministério Público do Paraná há apenas 11 dias atrás.

A ação fez parte da Operação Luz Oculta, e foi deflagrada pela Polícia Civil do Paraná e o Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e Combate à Improbidade Administrativa (GEPATRIA), órgãos do MP do Paraná.

Mais de 80 policiais participaram das buscas realizadas em seis cidades paranaenses. Uma delas, foi a empresa Energepar Empreendimentos Elétricos LTDA, empresa contratada na última semana para fazer a manutenção da iluminação pública da cidade. O contrato, de quase R$1 milhão foi assinado sem licitação, aproveitando o momento de pandemia do novo Coronavírus. A empresa fica na cidade de Araucária, no estado vizinho.

Continua Após a Publicidade

De acordo com o Ministério Público, a operação investiga possíveis fraudes em licitação para a contratação da empresa para a manutenção da iluminação pública de outros municípios. Há indícios, ainda, de que as cotações de preços usadas para firmar o valor estipulado no edital foram fraudulentas e indicaram valores superfaturados, além da possível existência de laranjas na administração da empresa.

A empresa não retornou nossos contatos.