Há cerca de quatro dias, a praça Mitio Tanaka que é mais conhecida como Jardim Japonês, estava totalmente escura, causando medo tanto nos moradores da região, quanto nas pessoas que precisam passar nas proximidades. Somente hoje, a prefeitura ‘acendeu’ as lâmpadas do lugar.

O local é um dos lugares favoritos dos munícipes ribeiraopirenses, que costumam frequentar o espaço seja qual for o horário do dia, já que além do contato com a natureza, o visitante pode admirar também a beleza da arquitetura japonesa. No entanto, durante a noite, a escuridão afasta os cidadãos e transforma o local não só um possível ponto de crimes , mas também em um local para uso de drogas e relações sexuais. De acordo com pessoas ouvidas por nossa equipe, não é difícil ver adolescentes com atos libidinosos no local, ou utilizando entorpecentes. 

Este, no entanto não é o único lugar que sofre com a falta de iluminação pública. Diversos munícipes têm reclamado sobre casos pontuais de falta de iluminação pública, como por exemplo na avenida Benjamim Baptista Cerezoli no bairro Pilar Velho, que  de acordo com moradores do bairro, apesar dos diversos pedidos de manutenção, a única iluminação que facilita enxergar durante a noite são os faróis dos automóveis que transitam na região. Procurada por nossa equipe, a prefeitura de Ribeirão Pires não respondeu nossos questionamentos sobre a falta de luz no jardim Japonês.

Continua Após a Publicidade