Nos último dias, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Rio Grande da Serra, receberam doses novas da vacina pentavalente, que previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e haemophilus influenza B.

Houve uma grande falta da pentavalente no Brasil por problemas com o antigo fornecedor da vicina, no entanto, aos poucos o Ministério da Saúde está organizando a distribuição da imunização em todo o país.

É indicado que tome a vacina, aos seis meses, dois e quatro anos de idade, sendo que com uma aplicação de reforços no momento em que a criança completar um ano e três meses.

Continua Após a Publicidade

A vacina não é indicada para crianças com sete anos ou mais, além de quem teve na dose anterior reações como moleza e palidez nas primeiras 48 horas, convulsões nas primeiras 72, reações alérgicas nas primeiras duas horas e encefalopatia aguda nos primeiros sete dias após a vacinação.

É recomendado que quem estiver com febre média ou alta, adie a imunização até a melhora dos sintomas, para não relacionar a demonstração da doença com a vacina.