Durante a sessão desta quinta-feira (31), seis dos 11 itens que faziam parte da pauta do poder legislativo de Ribeirão Pires foram adiados a pedido do vereador Rogério do Açougue (PSB). A solicitação foi aprovada pelos vereadores.

Com isso, apenas cinco itens foram votados, e todos aprovados por unanimidade.

O primeiro projeto aceito, foi de autoria do Poder Executivo Municipal, e tem como intenção, apoiar a regularização de terrenos dos munícipes, mediar a resolução dos conflitos extrajudiciais, dentre outros temas.

Continua Após a Publicidade

Em seguida, a propositura aprovada foi a de autoria do vereador Amaury Dias (PV). O objetivo é incentivar a cidadania, instituindo na Rede de Ensino, a política Educação para Todos. O terceiro item acatado, também da composição de Amaury Dias, visa realizar concretamente, ações anuais no mês de novembro, para auxílio de partos prematuros.

O vereador Amigão D’Orto (PTC), teve também seu plano que aspira melhorar a qualidade de vida de crianças até 6 anos no município, admitido pela Câmara.

Por fim, a última aprovação do dia, se deu para a introdução do Julho Marrom, no calendário de eventos da cidade. O projeto do vereador Archeson Pedroza Teixeira (PTB), almeja conscientizar os munícipes não só sobre a castração, mas também a respeito do câncer animal.