blank

Na quinta-feira (19), foi aprovado na Câmara Municipal de Ribeirão Pires pelos vereadores, um plano que tem como intenção dar concessão administrativa dos pontos turísticos do município por dez anos.

Segundo o projeto, uma vez que a Prefeitura não tem condições para cuidar dos pontos, não só é viável, mas também trará melhorias para a cidade, população e turistas, a administração desses bens por parte de uma entidade privada.

Continua Após a Publicidade

No entanto, segundo o vereador Humberto D’orto “Amigão”, a proposta está errada, dado que não especifica tais pontos turísticos, e portanto a cidade corre riscos, caso aprovado o plano.