blank

Nesta quinta-feira (13), foi vetado em sessão na Câmara Municipal, o projeto do vereador Paulo César “PC”, que dava preferência para idosos, mulheres grávidas ou com crianças de colo e pessoas com deficiência.

O plano foi aprovado em junho desse ano, e segundo o autor “PC”, conscientizaria todos os usuários de transporte público, a cederem o lugar para quem mais necessita.

Continua Após a Publicidade

No entanto, para o prefeito Kiko Teixeira, a medida não foi interpretada da mesma maneira. Segundo o gestor municipal, o propósito fere a razoabilidade, uma vez que a política deve alcançar a população em geral.