Notificações de dengue aumentaram 37 vezes no Estado. (Foto: Reprodução)

Desde janeiro deste ano, os casos de dengue aumentaram em 1.787%, em comparação com a mesma época do ano anterior em toda a região do Grande ABC. Com a proximidade do verão, os centros de zoonoses se preocupam ainda mais com o mal que tanto cresceu.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"
Fonte: Prefeituras

Em todo o Estado, foram registradas 437.047 denúncias de dengue, 37 vezes mais do que no ano passado. Entre os principais sintomas da dengue, estão: febre alta (acima dos 38.5°C); manchas vermelhas no corpo; mal estar; falta de apetite, dores musculares e ao movimentar os olhos.

Com a intensão de conscientizar a população e evitar novos casos, o Ministério da Saúde lança uma campanha publicitária. O objetivo, é informar não só os gestores estaduais e municipais de saúde, mas também toda a sociedade sobre a importância de se planejar antes da chegada do período chuvoso, na luta contra o surgimento de novos criadouros do mosquito, com slogan “E você? Já combateu o mosquito hoje? A mudança começa por você”.

Além das antigas recomendações para prevenir a doença, como por exemplo eliminar água parada, colocar tela nas janelas, e tomar vacina, é crucial buscar serviços de saúde ao apresentar algum sintoma.

Contudo, a forma mais eficaz de prevenção da doença é a vacina, que protege contra os quatro sorotipos de dengue existentes.