Carro da Polícia na Delegacia de Ribeirão Pires (Foto: Ygor Andrade/DiárioRP)

Na noite da segunda-feira (2), a Polícia Militar do 6° BAEP (Batalhão de Ações Especiais da Polícia), prendeu o casal acusado de estelionato Ademilson Zerede e Emeralda Zerede. De acordo com os policias, ambos eram buscados pela Justiça por envolvimento com uma quadrilha que vendia mentirosa cura do câncer.

A quadrilha que contém até médico, agia num escritório de luxo em São Paulo, e é acusada de vender cápsulas de Ômega 3 em embalagens sem rótulo, prometendo curar pacientes com câncer terminal. O vidro com 30 cápsulas, era vendido por R$ 15 mil, segundo encontra-se na denúncia apurada pelo Ministério Público.

continua após a publicidade

A prisão dos suspeitos foi curiosa, graças a uma denúncia que havia pessoas tentando invadir uma residência na rua Oswaldo Cruz, policiais fizeram um patrulhamento tático no bairro Centro Alto. Com isso encontraram os proprietários da casa, que permitiram os PMs fazerem uma busca no local, assim pesquisaram dados do casal e identificaram que estavam sendo procurados.

Dessa forma, um e outro foram levados à Delegacia Sede de Ribeirão Pires, ali foi inscrita a ocorrência e postos ao dispor da Justiça.