Mais de 50 veículos se reuniram para percorrer as ruas de Mauá na última terça-feira (02), protestando contra a morte de Wilson Dias de Souza, 62.

A carreata partiu do Cemitérios do Pinherais, e seguiu pela Avenida Barão de Mauá até o Itapark. Viaturas da GCM (Guarda Civil Municipal) e do departamento de transito deram apoio ao movimento.

Souza trabalhava com aplicativo há dois anos e estava desaparecido desde o último sábado (29), ele foi encontrado na noite de domingo com um tiro nas costas e com lesões faciais. Wilson estava vestido, porém descalço e sem documentos. O veículo da vítima foi encontrado em Mauá. Os assassinos foram presos na manhã da última segunda-feira (1).