Wilson Dias de Souza, morador de Mauá e motorista de um aplicativo, foi assassinado na noite do último sábado (29). Seu corpo foi encontrado na região bairro Soma em Ribeirão Pires, com um tiro na região das costas, na manhã do último domingo (30).

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

Segundo uma testemunha, que esteve presente durante o ocorrido, a vítima foi acionada via aplicativo de mensagens para uma viagem até Ribeirão Pires, com três passageiros. A testemunha acompanhou o motorista até a Rua Pernambuco, em Mauá, ponto inicial da corrida, onde dois homens adentraram no carro. Quando estavam na Estrada do Sapopemba, a dupla anunciou o assalto. A testemunha foi colocada no porta-malas do veículo, enquanto a vítima ficou com um dos criminosos no banco de trás. Após um tempo, a dupla parou o carro em um local isolado e assassinaram Wilson.

Ainda de acordo com a testemunha, após o crime, os assassinos retornaram ao ponto inicial da corrida, onde consumiram drogas. A testemunha foi liberada próximo à sua residência, sob graves ameaças.  

A dupla foi presa na manhã da última segunda-feira (1) pela Polícia Civil de Mauá. Junto com eles, a escopeta usada para matar Souza. Já o carro da vítima foi encontrado nas proximidades do Jardim Elizabeth, em Mauá. Os criminosos seguem à disposição da justiça.