Na tarde desta quinta-feira (04), foi aprovado na Câmara Municipal de Ribeirão Pires, o projeto de lei (PL) que permite professores e servidores das escolas públicas a consumirem alimentação escolar. O plano é de autoria do vereador Anderson Benevides (Avante), e vale para as instituições da rede municipal.

Desde 2009, uma lei federal proíbe que os funcionários consumam merenda escolar, porém a medida não era seguida na cidade. Em 2017, a gestão de Kiko Teixeira (PSDB), havia decidido cumprir a PL, gerando insatisfação.

“Acredito que o direito dado ao aluno deve também se estender aos professores e servidores que tanto se dedicam na formação e educação de nossas crianças, jovens e adolescentes”, declarou Anderson em suas redes sociais.

Contudo, o vereador agradeceu aos demais parlamentares pela aprovação da propositura. Para entrar em vigor, a pauta precisa da sanção do prefeito Clóvis Volpi (PL).