Um desentendimento entre quatro pacientes da Unidade de Pronto Atendimento de Ribeirão Pires, terminou em agressões e danos ao patrimônio público da unidade de saúde. A confusão ocorreu na última sexta-feira (19).

Segundo informações da Guarda Civil Municipal, a confusão começou entre duas mulheres, quando uma delas questionou a outra por supostamente estar furando a fila para o atendimento.

Após o bate boca, uma delas teria dado um tapa na outra, que chamou o marido, e iniciou a confusão entre os dois maridos das mulheres. Durante a briga, um dos homens chegou a arrancar um dos bebedouros do prédio para arremessar contra o outro.

A confusão foi separada por Guardas que faziam a segurança do local e outros pacientes da unidade.