blank
Vítima teve nariz e maxilar quebrados no momento da agressão (Foto: Rafael Ventura/DiárioRP)

Um grupo da equipe de Kiko Teixeira (PSDB), agrediu um morador da Vila Guerda após ele reclamar que a prefeitura deixou um montante de entulho na frente da casa dele e nunca retirou.

Há meses o homem tentava contato com a secretaria de serviços urbanos para retirar o material deixado em sua calçada. No entanto, ele ficou extremamente surpreso, quando fiscais, foram até a sua casa pra multá-lo por conta do entulho deixado na calçada pela própria prefeitura.

Continua Após a Publicidade
Agressor é candidato a vereador. (Foto: Reprodução)

Na manhã deste sábado, o morador, que com medo, pediu para não ter seu nome completo identificado na matéria, questionou o grupo sobre o entulho, já que entre os homens estava Osmanir Correa, candidato a vereador da chapa de Kiko, que era funcionário da secretaria na época. De acordo com informações de testemunhas, Osmanir não gostou quando o morador o questionou sobre o entulho e o agrediu com golpes na cabeça.

A vítima estava dentro de um carro e com cinto de segurança, e não conseguiu se defender. De acordo com a própria vítima, ele também nem conseguiu se defender pois já com o primeiro golpe, ficou levemente zonzo e perdeu parte dos sentidos. Mesmo assim, o candidato continuou com as agressões por mais um tempo e teve que ser contido por outras pessoas. Osmanir e seus comparsas fugiram logo em seguida em um outro carro.

A vítima quebrou o nariz e o maxilar e está no hospital recebendo atendimento médico. Osmanir não respondeu nosso contato.

Na sexta, apoiadores de Kiko também agrediram funcionários do Diário de Ribeirão Pires, que faziam a distribuição da versão impressa do jornal. Além disso, eles também arrombaram o carro do jornal e roubaram exemplares que estavam dentro do veículo.