blank

A equipe do prefeito de Ribeirão Pires e Candidato a reeleição, Kiko Teixeira (PSDB), agrediu dois membros da equipe do Diário de Ribeirão Pires na tarde da última última sexta-feira (13).

Os apoiadores do prefeito, cerca de sete homens, cercaram a equipe que entrou no carro para tentar fugir, mas os partidários abriram as portas do carro do jornal, e com tapas e empurrões, retiraram os dois trabalhadores de dentro do veículo e roubaram os jornais impressos que estavam sendo distribuídos pela dupla.

Continua Após a Publicidade

A equipe do DiárioRP não reagiu ao roubo, mas conseguiu tirar fotografias sem que os ladrões percebessem.
Durante todo o dia, apoiadores de kiko fizeram postagens nas redes sociais e atacando o DiárioRP e através dos carros de som, caluniaram a equipe por conta das matérias que o jornal tem feito com denúncias sobre a administração municipal.


“A gente nunca obrigou ninguém a gostar de nós. A democracia é isso, pode haver pessoas que não concordem com o que publicamos, mas isso não dá o direito de ninguém agredir a nossa equipe, e muito menos roubar nosso meio de trabalho. Faz parte da democracia não concordar, mas ninguém pode partir para a agressão desse jeito, é um absurdo em pleno ano de 2020, uma coisa dessas acontecer”, disse Rafael ventura, diretor de Jornalismo do Diário de Ribeirão Pires. Ventura também publicou um vídeo de desabafo após o ocorrido (veja abaixo).

Entidades defensoras da liberdade de imprensa, como o Sindicato dos Jornalistas repudiaram a atitude dos apoiadores de Kiko. A Diretoria do DiárioRP prestou queixa formal junto à Polícia Civil, que deverá investigar o caso”.