blank

Um homem agrediu e ameaçou de morte sua ex-esposa, após invadir a casa da mulher e verificar recibos de compras e suspeitar que ela estaria usando dinheiro da pensão para uso pessoal dela. O agressor deu tapas, socos e chutes na vítima, que causaram lesões.

O homem, que foi casado por quase dez anos com a mulher, vem realizando uma série de intimidações. Como por exemplo: ameaça de morte, agressão, extorsão, acusações, atos de invasão de privacidade e alienação parental.

Continua Após a Publicidade

Segundo o B.O., na madrugada de terça-feira (6) o homem chegou até a residência da vítima e invadiu o local. As agressões começaram após ele ver notas fiscais que não tinham a ver com itens para seus filhos. O agressor começou a realizar golpes físicos e xingar sua ex-esposa. Além das lesões causadas, ele a ameaçou com novos ataques e afirmou que ainda “vai matá-la”.

A vítima alegou que seu filho mais novo e possivelmente vizinhos do condomínio tenham presenciado o ato. Ela não recebeu atendimento médico após os ataques do ex-marido, sendo encaminhada para a realização de exame de corpo de delito no IML de Santo André, a fim de ter dados conclusivos sobre a agressão.

A PM orientou a mulher a tomar medidas protetivas asseguradas pela Lei Maria da Penha para que o agressor não possa mais se aproximar ou manter contato. Há um prazo de 6 meses para que ela possa representar criminalmente o homem por tais condutas. O caso está registrado na Delegacia de Ribeirão Pires.