blank

Em coletiva nesta segunda-feira (21), o governador de São Paulo, João Dória, afirmou que todos os residentes do estado estarão vacinados em fevereiro de 2021. A aposta é a vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, que realiza testes no Brasil em uma parceria com o Instituto Butantan.

“Aos brasileiros, garanto que teremos a vacina, para atender a totalidade da população de São Paulo, já ao final deste ano e ao longo dos dois primeiros meses de 2021, e vamos imunizá-los”, disse Doria.

Continua Após a Publicidade

De acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, 100 milhões de doses da CoronaVac podem estar disponíveis no Brasil a partir de maio de 2021. A expectativa é de que a pesquisa completa sobre a eficácia da vacina possa ser apresentada à Anvisa, a fim de definir sua aprovação, em outubro.

Com a aprovação do órgão regulador, o início da vacinação poderá se iniciar em dezembro deste ano.