blank

Erramos! O DiárioRP errou ao afirmar que o vereador Anselmo Martins votou favorável ao adiamento do projeto de lei. Na verdade, o vereador votou contrário ao adiamento. O fato já foi corrigido na matéria abaixo. Pelo erro, pedimos desculpas.

A Câmara de Ribeirão Pires adiou nesta quinta-feira (17), pela terceira vez consecutiva, o projeto que reduz os subsídios dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários do município. O pedido foi feito pelo vereador Arnaldo Pereira (PSB), que é utilizado como estratégia do governo Kiko para temas polêmicos, já que não pretende se reeleger.

Continua Após a Publicidade

Prontamente, se manifestaram contrários a prorrogação os parlamentares Amaury Dias (PSDB), Amigão D’orto (PSB) e Anselmo Martins (PR).

A emenda de redução foi protocolada pelo vereador Amigão D’orto no mês passado. A PL N° 042/2020 propõe a redução dos salários dos agentes políticos do município em 20%. Caso seja aprovado, o projeto passa a valer a partir de janeiro de 2021. O restante dos vereadores não se manifestou. e o item foi adiado por três sessões.