blank

Candidato confirmado ao cargo de prefeito pelo PSB, Akira Auriani se licenciou como vereador de Rio Grande da Serra para dedicar-se à campanha eleitoral até o fim da eleição. O político decidiu abrir mão do salário como parlamentar, que é de R$ 6.000,00.

“Me afastei da Câmara Municipal e abri mão do salário, pois dentro de alguns dias entraremos na campanha eleitoral de 2020. Por não achar justo receber e se dedicar a outro trabalho, foi que tomei essa decisão”, afirmou Auriani em suas redes sociais sobre abdicar seu pagamento.

Continua Após a Publicidade

Ele falou ainda que políticos estão criando notícias falsas e teorias de conspiração para prejudicar outros. Na publicação, ele declarou que sempre tentou agir de forma coerente em suas decisões.

A licença reabriu especulações de que Claudinho Monteiro (PTC) possa assumir o cargo. Monteiro foi primeiro suplente do PSB, e chegou a ser presidente da Câmara durante a primeira gestão do prefeito Gabriel Maranhão (Cidadania).

Akira falou sobre a possibilidade de Monteiro assumir o cargo. “Conversei com ele e o deixei tranquilo para conduzir o trabalho do jeito que ele acha melhor. Ele assume dentro da legalidade, por isso não posso exigir nada dele. Foi uma decisão minha em sair. Se eu impusesse algo, ficaria até estranho”, disse.