blank

Devido problemas em decorrência do aumento da conta de luz e na dificuldade de atendimento para realização do parcelamento das contas dos consumidores, a Enel anunciou nesta segunda-feira (1) que prorrogou a suspensão do corte de energia por inadimplência. A empresa afirma que continuará sem enviar avisos de corte aos clientes até o dia 15 de setembro.

A medida foi adotada para que os clientes tenham mais tempo para negociar o parcelamento das contas em aberto com a distribuidora, após a retomada da leitura presencial dos medidores. Depois do recebimento do aviso de inadimplência, que virá impresso na conta de energia, o cliente terá ainda até 15 dias para negociar seus débitos, antes que o corte seja efetuado.

Há alguns meses, clientes vêm relatando impasses para resolução das variações no valor das contas de luz. Em agosto, o DiarioRP noticiou que consumidores estavam sob aglomerações e tendo dificuldades para atendimento na Enel de Ribeirão Pires. Uma moradora do município chegou a falar com nossa equipe e relatou os transtornos que passou com seu marido deficiente para ser atendida, uma vez que sua conta passou de R$200,00 para R$800,00.

Em julho, o Procon-SP e o Procon Consórcio ABC, definiram um canal para o atendimento dos consumidores das sete cidades do Grande ABC, em casos de reclamação referentes ao aumento no custo de energia.