UBS de Ribeirão Pires sofre com ausência de remédios

A equipe do DiárioRP apurou nesta quinta-feira (13), que há falta de remédios essenciais na UBS Jardim Guanabara, situada no bairro Parque Aliança, em Ribeirão Pires. Os remédios em falta são: Dexametasona pomada, Metformina 850mg, Losartana 50mg e Hidroclorotiazida.

A Dexametasona é um medicamento utilizado no tratamento de diversas doenças, entre elas o reumatismo, enfermidades de pele, alergias graves e asma. A Metformina é um antidiabético que funciona como redutor e controlador da concentração de glicose na corrente sanguínea. A Losartana é um anti-hipertensivo capaz de reduzir a pressão arterial, impedindo a obstrução das artérias e facilitando a circulação de sangue no corpo. A hidroclorotiazida funciona no tratamento da hipertensão arterial. Pode ser utilizada no tratamento de edemas relacionados com insuficiência cardíaca, cirrose hepática, entre outras.

Em nota sobre a falta de medicamentos na UBS Jardim Guanabara, a prefeitura do município esclareceu que o medicamento Losartana teve sua produção suspensa pela fabricante em janeiro deste ano. Os pacientes que faziam uso desta medicação devem buscar a unidade de saúde para que o médico avalie o quadro e prescreva um novo medicamento.

Referente a ausência de Hidroclorotiazida, fomos informados que as unidades de 25 mg não estão disponíveis. Entretanto, que há disponibilidade de unidades de 50 mg, que vêm com a marcação para corte – pode ser dividido ao meio e utilizado, segundo orientações das equipes médicas da Saúde.

Em relação à metformina, a prefeitura comunica que o remédio está em falta mas que realizou o processo para compra do medicamento. Entretanto, em razão da pandemia, nenhuma empresa participou do pregão.

Sobre a pomada dexametasona, foi explicado que o medicamento está em processo de compra, sendo feita por meio de licitação.