blank

Os sábados de agosto terão lives com o dramaturgo Willian Costa mostrando um pouco sobre como é por trás das cortinas de um teatro. Quando assistimos a um espetáculo, geralmente ficamos curiosos e tentamos entender de onde vieram as inspirações que motivaram a criação daquela obra. Pode ser um acontecimento pessoal, um fato histórico ou até mesmo uma hipótese de futuro. Mas uma coisa é certa: toda obra teatral traz a sua contribuição social através de um conjunto de reflexões. Sendo assim, um dramaturgo não está só em sua criação. Foi partindo desse ponto de vista que o dramaturgo decidiu abrir uma das etapas comuns de sua mais nova obra, “Merkwiller”. Nesse novo texto, que será lançado em livro nos idiomas português e francês, o dramaturgo faz uma investigação sobre as influências socioculturais que o petróleo e seus derivados tiveram na região do ABC Paulista, em especial na cidade de Ribeirão Pires e adjacências. Para tal investigação, a indústria Solvay serve como principal referência.

Através de uma série de conversas intitulada “Série de debates decolonizadores para aquela que se diz Noblesse”, o público poderá acompanhar a maneira pela qual o dramaturgo costuma se cercar de informações e reflexões que atravessam os temas que ele deseja abordar em suas obras. A primeira conversa será realizada no dia 08 de agosto com a professora Glaucia Peres da Silva, da Universität Duisburg-Essen (Alemanha), e irá versar sobre possíveis olhares que os estrangeiros têm de brasileiros. Já no dia 15 de agosto, o ativista pelo meio ambiente e produtor cultural Alexandre Oshiro irá se debruçar sobre o tema “Juventude, pertencimento e sustentabilidade no vilarejo de Paranapiacaba”. No dia 22 de agosto, a atriz e ativista trans Alexya Manente falará sobre negritude e pertencimento nos bairros periféricos do ABC Paulista. Encerrando a série de debates, o gestor cultural e pesquisador histórico Marcílio Duarte trará reflexões sobre as influências patrimoniais que o petróleo trouxe para a região do ABC Paulista, em especial Ribeirão Pires e adjacências.

Continua Após a Publicidade

Os debates serão transmitidos pelas redes sociais do Teatro de Torneado e do DiárioRP, aos sábados do mês de agosto, às 17h.