blank

O ex-prefeito de Ribeirão Pires, Luis Carlos Grecco (PSDB) declarou em entrevista ao jornal Diário do Grande ABC que pode ser o ‘Plano B’ de Kiko Teixeira (PSDB) nas eleições deste ano.

Em maio, o DiárioRP já noticiou que Kiko via em Grecco uma chance de se manter no poder através de um sucessor. A ideia inicial era que o atual vice-prefeito, Gabriel Eid Roncon (PTB) pudesse se candidatar ao cargo, mas Roncon não tem nenhuma expressão nas pesquisas que vêm sendo feitas por Kiko e não teria nenhuma chance de vitória, então foi descartado rapidamente. Gabriel ainda tenta aumentar sua popularidade aparecendo mais e gravando vídeos, mas até então, sem sucesso.

Continua Após a Publicidade

Foi em Grecco que Kiko viu uma real possibilidade de fazer um sucessor, já que Teixeira sofre com problemas jurídicos e foi incluso na lista de Inelegíveis do Conselho Nacional de Justiça por ser condenado, já em duas instâncias por improbidade administrativa quando foi prefeito em Rio Grande da Serra. Kiko tenta desesperadamente reverter a situação, mas já planeja outras formas de manter o poder.

Kiko é réu em processo por improbidade administrativa por suposta fraude em licitação quando foi prefeito de Rio Grande da Serra. O agora prefeito de Ribeirão Pires, já foi condenado em primeira e segunda instância, o que segundo a lei da ficha limpa pode torna-lo inelegível, mesmo que o processo ainda não tenha tramitado em julgado.

De acordo com a decisão judicial, Kiko ainda foi condenado a ressarcir o valor aos cofres públicos, e pode ter seus bens bloqueados, perda de função de cargo público que estiver ocupando quando o processo tramitar em julgado, suspensão dos direitos políticos e inelegibilidade. Além disso, ele também fica proibido de contratar com o poder público, direta ou indiretamente, e de receber incentivos fiscais.