O ex-prefeito de Ribeirão Pires, Luis Carlos Grecco, se filiou ao PSDB, partido de Kiko Teixeira, para tentar disputar a eleição no lugar do atual prefeito. Na última campanha, ambos disputaram entre si, e Grecco ficou em terceira posição.

Kiko sofre com problemas jurídicos e não sabe se vai conseguir disputar o pleito. Além disso, de acordo com pessoas da administração, ele não vem se dando bem nas pesquisas de rua que o grupo vem realizando pela cidade, o que deixa o atual prefeito em situação complicada e sem expectativa de vitória. Em fevereiro, o nome de Kiko foi incluído na lista de inelegíveis do Conselho Nacional de Justiça.

Continua Após a Publicidade

Gabriel Roncon (PTB), até então cotado para concorrer no lugar de Teixeira, caso necessário, não consegue desabrochar e dificilmente será o nome do Grupo político, já que não vem demonstrando nenhuma força nas pesquisas.

Outro nome que poderia ser utilizado por Kiko é Flávia Dotto, presidente municipal do partido e esposa do atual prefeito. Flávia comanda o Fundo Social de Solidariedade do município. No entanto é Grecco que pode ser um nome para disputar com Clóvis Volpi (PL).