Um grupo de vereadores decidiu protestar contra o presidente da Câmara, Rato Teixeira (PTB), que sequer aceitou colocar um pedido de suspensão de férias para votação.

O pedido de suspensão de férias foi feito pelo Vereador Amigão D’orto, e tentava adiar as férias dos vereadores enquanto durar o estado de calamidade pública no município, criado por conta da pandemia do novo Coronavírus.

O pedido, no entanto, sequer foi colocado em pauta da última sessão, realizada na quinta-feira passada (25), o que gerou revolta em alguns legisladores.

Continua Após a Publicidade

Por conta disso, alguns vereadores vão continuar com a sessão, mesmo sem a continuação dos trabalhos de forma oficial. A Sessão alterna já terá inicio a partir da próxima quarta-feira (2), e será transmitida pelo Facebook a partir das 17h.