Um socorrista que trabalha no translado de pacientes internados enviou um áudio com pedido de ajuda onde conta a péssima situação das ambulâncias de Ribeirão Pires. Ela chega a dizer que pessoas quase morreram por conta disso.

O áudio foi enviado para uma amiga da profissional, que é moradora da cidade, no intuito de enviar ao vereador Amigão D’orto (PSB), que é amigo da munícipe. A ideia era que o vereador fiscalizasse as ambulâncias por conta dos diversos entraves. O vereador vai enviar um documento questionando à secretaria de Saúde sobre a situação dos veículos.

De acordo com o profissional, o equipamento de respiração não envia o oxigênio para os pacientes que precisam ser removidos pelo veículo. O profissional diz que já “tomou bronca” por pelo menos duas vezes, pois os pacientes entram com um quadro estável na ambulância, mas quando chegam ao destino, estão numa situação pior da que quando entraram.

Continua Após a Publicidade

Ainda no áudio, a pessoa, cujo identidade será preservada, ainda diz que em uma das vezes que precisou utilizar o veículo, e a ambulância parou no meio do caminho com um paciente dentro, pois sequer tinha óleo para rodar.

Procurada por nossa equipe, a prefeitura de Ribeirão Pires negou as informações. Veja o áudio abaixo: