Os vereadores de Rio Grande da Serra votaram contra um projeto que obrigaria a prefeitura da cidade a contratar uma empresa de seguro em todas as obras públicas

O projeto cria um seguro onde caso a empresa contratada pela prefeitura não finalize, atrase ou utilize materiais de baixa qualidade em uma determinada obra, a seguradora garante o custo para que a obra possa ser finalizada e entregue. Isso garante que empresas com baixa reputação, como histórico de corrupção, de atraso ou de abandono de obras não possam ser contratadas por não ter a aprovação das seguradoras e um grande risco.

A ideia da lei é acabar com “elefantes brancos”, como no caso Mirante, anunciado por Gabriel maranhão, mas que nunca foi concluído, além de diversas outras obras que o atual prefeito iniciou, mas não termina.

Continua Após a Publicidade

O projeto é do Vereador Akira Auriane (PSB), mas somente ele e os vereadores Benedito (PSB), Claurício, e Toninho foram favoráveis ao projeto de lei. O vereador Jhol jhol não estava presente na sessão, e por isso não votou. Todos os outros, votaram contrários, resultando no voto de 4 favoráveis e 8 contrários.

“O momento mostra o quanto, mais do que nunca, o uso consciente do dinheiro público é necessário. Fiz esse projeto no intuito de trazer mais transparência e garantias para a nossa cidade”, disse Akira, autor do projeto de lei.