Está na hora de Kiko e Roncon tirar a bunda da cadeira e fazer algo

Não é de hoje que vemos várias polêmicas envolvendo funcionários comissionados da gestão do atual prefeito da cidade, Adler Kiko Teixeira. O que não foi visto ainda, é uma atitude séria e combativa de Kiko para “parar a festa” que acontece no poder público de Ribeirão Pires.

Pra quem não sabe, funcionários comissionados são aqueles que, mesmo sem capacidade técnica nenhuma, podem ser contratados pelo prefeito sem concurso público. Ou seja, basicamente são as pessoas que apoiaram Kiko nas eleições, e agora “têm o pagamento pelo serviço” realizado durante as eleições municipais.

O grande problema é que com isso, esse tipo de funcionário pode gerar mais problemas do que ajudar a cidade. Apenas nessa gestão temos diversos casos que comprovam isso. Em pouco mais de três anos do governo de Kiko Teixeira e de Gabriel Roncon, foram diversas denúncias por assédio, agressão, falsa comunicação de crime à justiça, e até mesmo duas mortes. uma delas ainda está sendo investigada.

Em qualquer empresa que se respeite, um funcionário deste tipo seria imediatamente afastado, pelo menos por um período de investigação e apuração dos fatos. Aqui na prefeitura, é diferente. O prefeito e o vice-prefeito, se calam e fingem que nada aconteceu. Ambos estão vivendo em um conto de fadas, onde vivem felizes em seu castelo, e acham que tudo está muito bem na cidade. Sabe quem mais era assim? Saulo Benevides, e olha no que deu…

Um exemplo disso é o caso em que o secretário adjunto Ricardo Orsini, atropelou e matou um funcionário da secretaria que ele trabalha. Se eu fosse o prefeito, eu sequer teria contratado uma pessoa dessa qualificação, até porque ele já tem histórico com a justiça. No entanto, o homem sequer foi afastado, e pasmem, Kiko pretende promove-lo.

Um outro caso bem recente é o de Leandro Magerelle. O homem é conhecido na cidade inteira por não ter nenhum tipo de controle emocional. Ele agride qualquer um que fale o contrário dele. Ele já agrediu um vereador no meio de uma sessão da Câmara, já agrediu o pai do vice-prefeito durante a campanha de 2016. Na semana passada, agrediu um guarda de trânsito quando pediu que Magerelle retirasse seu carro que estava estacionado em um local proibido, e nesta semana, agrediu um outro legislador, o vereador Amigão D’orto, quando passou em uma obra e o questionou sobre possíveis irregularidades do local. No dia, segundo testemunhas, ele estava armado. Ou seja, tudo poderia ter terminado ainda pior.

E sabe o que Kiko e Gabriel Roncon fizeram com tudo isso? ABSOLUTAMENTE NADA. Que tal parar de fazer videozinhos para as redes sociais achando que é influenciador digital Teen, e começarem a trabalhar de verdade?

- Advertisment -

MAIS LIDAS

Estamos de volta!

0
A equipe do Diário de Ribeirão Pires retorna 100% das férias a partir desta segunda-feira...

Após quatro anos fora do poder, PT toma posse e causa decepção

0
Depois de quatro anos fora de um cargo eletivo, o Partido dos Trabalhadores (PT), conseguiu...

Furioso com derrota, Kiko vai fechar Hospital de Campanha e se mudar de Ribeirão

0
O Prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSDB), derrotado nas eleições deste ano pelo Prefeito...

Dedé da Folha perde o controle e tenta agredir jornalista

0
O Ex-candidato a prefeitura de Ribeirão Pires, Dedé da Folha, tentou me agredir na tarde...

Depois de serem rejeitados, Dedé e Kiko se unem, em um último suspiro

0
Kiko Teixeira, atual prefeito de Ribeirão Pires, e Dedé da Folha anunciaram na última semana...