Na sessão da Câmara de Ribeirão Pires da última quinta-feira (12), o recente acidente, que causou a morte de um motoqueiro na Avenida Humberto de Campos, foi um dos assuntos levantados por um dos vereadores da casa.

Danilo da Casa da Sopa (PSB) criticou o Kiko Teixeira (PSDB) dizendo que enquanto ruas novas são inauguradas, o Prefeito “esquece” do portão da cidade, afirmando o quanto é importante um redutor de velocidade (lombada) na Avenida Humberto de Campos. “Vou continuar vindo aqui e pedindo um redutor de velocidade e uma iluminação descente para a Humberto”, finaliza.

Outra pauta levantada durante a sessão foi em relação ao Item 02 da Ordem do Dia (pauta de assuntos a serem discutidos pelos vereadores) de autoria do parlamentar Amigão D’Orto (PTC), que exigia secretários nas sessões da Câmara para prestação de contas. A discussão do projeto foi adiada por uma sessão por pedido do vereador Banha (PPS).

Continua Após a Publicidade

Amigão, decepcionado com a decisão, afirmou sobre a importância do projeto para a população e disparou contra os vereadores que foram a favor do adiamento. “É difícil trabalharmos de maneira correta quando alguns vereadores não aceitam discutir e preferem adiar projetos assim.”