O Último dia para cadastramento biométrico é nesta quinta-feira (19). Os eleitores que não fizerem o cadastramento, terão o título automaticamente cancelado. Na manhã de hoje, uma grande fila se formava em um dos cartórios eleitorais da cidade por eleitores que deixaram para a última hora.

Aqueles que tiverem o cancelamento efetivado, no entanto, poderão regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral a partir de 7 de Janeiro do próximo ano, fazendo um novo título e pagando a multa simbólica, que é em torno de três reais. O título anterior permanecerá cancelado e será gerada uma nova numeração. O eleitor terá que atualizar o cadastro no local onde trabalha, cadastro do FGTS, etc.

Aqueles que recebem benefícios do governo e não fizerem o cadastramento até hoje, perderão o benefício até que haja a regularização. Quem tiver que receber o FGTS também pode ter dores de cabeça. A Justiça eleitoral estima que, apenas em Ribeirão Pires, 22 mil títulos serão cancelados por falta de regularização. Cerca de 75% dos eleitores da cidade já realizaram o cadastro da biometria.

Continua Após a Publicidade

Outro detalhe é que a partir de janeiro, os cartórios eleitorais da cidade só receberão pessoas que fizerem agendamento antecipado através do site do Tribunal Eleitoral.