Os funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ribeirão Pires estão sem receber os salários referente ao mês de outubro, que deveriam ter sido pagos no 5º dia útil deste mês. A denúncia foi feita por um colaborador da Unidade que, por medo de perder o emprego, pediu para não ser identificado, e confirmada por outros funcionários.

A unidade de saúde é administrada pela Santa Casa de Birigui, que também administra o CAPS. O curioso, é que apenas os funcionários da UPA estão sem receber os vencimentos, diferentemente daqueles que trabalham no CAPS, que já tiveram seus pagamentos depositados.

Procurada por nossa equipe, a Prefeitura de Ribeirão Pires disse já ter repassado os pagamentos à empresa, que deveria repassar o pagamento aos funcionários. Já a Santa Casa de Birigui informou que houve um problema no fluxo de caixa na empresa, e que só foi descoberto nesta quinta-feira pela equipe da empresa, mas que os pagamentos devem ser regularizados ainda na data de hoje (sexta-feira, 22).

Continua Após a Publicidade