O Partido dos Trabalhadores (PT) de Rio Grande da Serra impugnou a pré-candidatura do ex-prefeito da cidade, Ramon Velásquez. Ele pretendia retomar a cadeira do Paço Municipal nas eleições do próximo ano, como candidato pelo partido. Ele chegou a gravar um vídeo indignado com a situação. No vídeo, o ex-prefeito chega a dizer que foi excluído do debate democrático.

De acordo com a direção do partido, mesmo após pedir duas prorrogações, Velásquez teria perdido o prazo para a protocolo do pedido de filiação. Além disso, não estaria em dia com as obrigações financeiras do partido.

O único pré-candidato doo partido é Erick de Paula, que deverá disputar o paço nas eleições do ano que vem pelo Partido dos Trabalhadores.

Continua Após a Publicidade