Uma moradora da divisa entre Ribeirão Pires e São Bernardo do Campo, foi alvo de ameaças no último dia 15.

Continua Após a Publicidade

Segundo informações de testemunhas, que não quiseram se identificar, após postar um versículo bíblico em sua página do Facebook, a vítima teria recebido diversas ameaças por parte do acusado, identificado como P.S.

De acordo com as testemunhas, a discussão iniciou-se após a mulher decidir sair da liderança de um ministério da igreja localizada em Santo André, da qual fazia parte.

Ao conversar com o bispo responsável, o mesmo teria negado o pedido de saída do cargo e inconformado com a decisão, teria quebrado o sigilo da conversa com a fiel espalhando os motivos de seu afastamento em uma festa onde o acusado de injúria estaria presente.

Após uma postagem da vítima no Facebook, o bispo teria se ofendido acreditando se tratar de uma indireta.

Segundo o boletim de ocorrência, P.S., que seria parte da mesma igreja, passou a ameaçar a vítima e amigos próximos a partir deste momento.

No áudio supostamente enviado pelo acusado, para um amigo da vítima, o qual a equipe do DiárioRP teve acesso, ele teria dito “Já não basta essa ordinária estar fazendo isso. O que é dela está guardado. Agora a conversa não vai ser da igreja, vai ser do mundo. Já troquei ideia com um pessoal da quebrada. O bagulho vai estralar no lombo dela.”

Segundo o boletim de ocorrência, além da ameaça, o fiel teria espalhado boatos de que a mesma traiu o marido e que “fez coisas que ninguém imagina”.

A equipe do DiárioRP tentou entrar em contato com os envolvidos, porém não obteve resposta.