Novas regras começam a partir da próxima segunda-feira. (Foto: Reprodução)

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) estabeleceu novas regras para a formação de condutores através da Resolução 778/19. Regras passam a vigorar a partir da próxima segunda-feira(16).

Entre as novidades, estão a não obrigatoriedade do uso do simulador, novas cargas horárias e novos preços para tirar a CNH.

continua após a publicidade

De acordo com a Resolução, o Simulador não será mais necessário para a categoria B. O candidato poderá escolher realizar até 5 horas/aula no equipamento, mas para isso ele deverá estar disponível na autoescola.

As aulas noturnas também sofreram alterações, tanto para categoria “A” quanto para a categoria “B”, a exigência caiu para 1 hora prática de carga horária.

Já as aulas práticas na categoria “B”, caso o candidato opte pelo uso do simulador, cai para 15 horas mínimas. Caso contrário, será necessário 20 horas mínimas.

Para as famosas “cinquentinhas” (ciclomotores) também sofreram alterações. O obrigatório passa a ser de no mínimo 5 horas práticas. O veículo poderá ser o do próprio candidato ou da autoescola.

Agora, financeiramente o valor subiu em média R$ 400,00 para obter a CNH nas categorias A e B. Tanto para carro quanto para moto, o custo será entre R$1.700,00 a R$ 1.900,00. Os serviços inclusos nesse valor são as taxas públicas e privadas, exames médicos, psicológicos, teóricos, práticos, além da própria licença.

As Auto Escolas incluem as aulas teóricas e práticas, locação dos veículos (cujo valores variam de acordo com o estado). A suspensão da obrigatoriedade do simulador resultará em R$ 350,00 a menos.

Para tirar a primeira habilitação é necessário os seguintes procedimentos:

  1. Abrir o serviço no Detran;
  2. Captura de imagem, impressão digital e assinatura de contrato;
  3. Efetuar pagamento;
  4. Exame médico;
  5. Curso teórico no Centro de Formação de Condutores (auto escola);
  6. Prova teórica;
  7. Solicitação da Licença para Aprendizagem de Direção Veicular;
  8. Curso prático;
  9. Avaliação prática no Detran;
  10. Receber a permissão para dirigir do Detran.

Os documentos necessários:

  • Documento de identificação (original e cópia);
  • CPF (original e cópia);
  • Comprovante de residência (original e cópia).