Foram os próprios artistas que levantaram verba para a restauração. (Foto: Andy Cardoso/Divulgação).

O Teatro Municipal de Ribeirão Pires, Euclides Menato, reabre as portas a partir deste sábado com a estréia da Peça Incandescente. Na trama, homens e mulheres, idosos e adoecidos, veem o Clube de Bocha onde passaram grandes momentos de suas vidas se transformar em um complexo hospitalar, onde muitos deles farão o tratamento de suas enfermidades. No espetáculo, atores e atrizes realizam um complexo jogo épico-dramático através de uma comédia social que lida com humor e crítica às questões das políticas de saúde no Brasil.

Continua Após a Publicidade

Através de um acordo de Cooperação Técnico assinado entre o Sítio Cultural Alsácia e a Prefeitura da Cidade, o próprio centro cultural assumiu a responsabilidade pela reforma e manutenção do teatro Municipal, que há anos estava fechado. Foram os próprios membros do coletivo que conseguiram a verba entre si e realizaram a manutenção de diversos pontos que necessitavam de reparos, como carpetes, ajustes elétricos, entre outros, conseguindo a liberação do Corpo de Bombeiros para que o local volte a receber o público.

“Daqui seis meses a gente entrega um plano técnico e de acessibilidade mais completo para o teatro, onde veremos a transformação dele e chamaremos mais artistas de outras companhias para também se apresentar e participar, disse Willian Costa Lima, diretor do espetáculo.”

O espetáculo terá 24 apresentações, que acontecem aos sábados e domingos até o mês de outubro, às 18h. A entrada é gratuita. Para mais informações, entrar em contato através do telefone 9.4794-4669