A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Saúde, promove, desde 2017, programa gratuito de castração de cães e gatos da cidade. Mais de 1400 animais já passaram pelo procedimento cirúrgico, realizado no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Na última terça-feira (11), 82 cães e 38 gatos foram castrados na segunda etapa do programa, que teve início em 2018. Para essa fase, a Prefeitura disponibilizou 1.200 vagas. Ao término das cirurgias já agendadas, outras 800 vagas serão abertas para a população.

ONGs que abrigam animais da cidade, bem como cães e gatos adotados por moradores no CCZ, seguindo o que é estabelecido pela Lei Municipal nº 5.836/14, tiveram prioridade no início do programa. Mensalmente, são realizados, em média, 100 procedimentos gratuitos.

“Consideramos esse um importante investimento voltado ao controle da população canina e felina em nossa cidade. Além do bem-estar dos animais, essa medida tem como objetivo garantir mais segurança e saúde a todos os moradores, principal papel do Centro de Controle de Zoonoses”, esclareceu a secretária de Saúde da cidade, Patrícia Freitas.

Cães comunitários poderão ser castrados, desde que haja pessoa responsável para acompanhar o pós-operatório do animal. Mais informações sobre os serviços do CCZ podem ser obtidas pelo telefone 4824-3748.

Posse responsável – Abandono e maus tratos a animais são crimes com pena de até dois anos de detenção e multa, de acordo com a Lei Federal nº 9605/98, artigo 32. Todas as pessoas que adotam um animal de estimação são responsáveis por garantir seu bem-estar e segurança.

Alguns cuidados são essenciais para manter um animal em boas condições. Passear com o pet usando sempre a coleira e guia, garantir uma casinha ou caminha confortável, limpa, abrigado da chuva e do sol são algumas tarefas que não podem ser esquecidas. Além disso, todos os animais precisam de ração de boa qualidade e água limpa e fresca, para evitar problemas de saúde.