A Guarda Civil de Mauá fechou um comércio irregular de reciclagem durante operação na manhã desta terça-feira (11), no Jardim Oratório. A força tarefa é fruto de parceria entre as Secretarias de Segurança Pública, Serviços Urbanos e Habitação da cidade.

O comércio não possuía alvará e funcionava numa área pública, onde futuramente será construído projeto habitacional em parceria com a Caixa Econômica Federal.

Ao chegarem ao local, os guardas civis perceberam a construção de um barraco de madeira e dois lotes usados para separar materiais plásticos e papelões que eram vendidos posteriormente.