Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo indicam que a criminalidade em Ribeirão Pires segue em queda. Registros de furtos e roubos caíram em abril desse ano, no comparativo com o mesmo mês em 2018.

O município teve queda de 30% nos índices de roubo em geral e 15% no registro de roubo de veículos. Houve, no período, redução de 29% nos registros de furto em geral.

continua após a publicidade

Nos primeiros quatro meses de 2019, no comparativo com o mesmo período do ano anterior, Ribeirão Pires manteve a diminuição de todos os indicadores. Roubo em geral apresentou queda de 27,84% e roubo de veículos teve queda de 27,53%. Os índices de furto em geral e furto de veículos tiveram diminuição de 18,84% e 31,63%, entre os meses de janeiro e abril do ano. Não foram registrados homicídio na cidade no período.

“Estamos investindo no fortalecimento de nossa Guarda Municipal e ampliando a integração com as polícias Civil e Militar. Também estamos modernizando a estrutura de trabalho de nossa GCM, que vem sendo, desde 2017, valorizada. Isso traz impactos positivos nas ações de combate à violência”, avaliou o prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira – Kiko.

Investimentos municipais contribuem para a redução da criminalidade

A Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Segurança Urbana, e com o apoio de instituições da cidade, investe, desde 2017, no fortalecimento das ações de combate à criminalidade. Somente em março desse ano, a Guarda Civil Municipal ganhou duas novas viaturas – modelo Hilux – equipadas para o trabalho da ROMU.

A segurança na região central do comércio foi reforçada com a entrega de nova base 24h da GCM no calçadão situado entre o Terminal Rodoviário, a Estação de Trem e o Posto Atende Fácil da cidade. O município ganhou, ainda, nova Central de Videomonitoramento Integrado – que, além da Guarda Municipal, passou a contar com a fiscalização das polícias Civil e Militar e de agentes de Trânsito.

Além disso, a cidade ganhou, recentemente, a incorporação de novos Vigilantes Patrimoniais ao efetivo da Guarda Civil Municipal. Os profissionais – aprovados em concurso público – foram capacitados para exercer suas atribuições – prestar serviços de vigilância dos próprios municipais e outros locais definidos pela Administração; realizar rondas nas dependências de edifícios e áreas adjacentes; controlar entrada e saída de pessoas, veículos e materiais, entre outras.

“A segurança da cidade e da população está entre as prioridades do atual governo. Além dos investimentos, temos promovido integrações com as GCMs e polícias de toda a região, aumentando a segurança e diminuindo os índices de criminalidade”, afirma o secretário de Segurança Urbana do município, coronel José Luis Martins Navarro.