A Câmara Municipal rejeitou o requerimento que pedia a abertura da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da iluminação, que iria investigar o contrato entre a entre a Prefeitura de Ribeirão Pires e a Ribeirão Luz, antiga prestadora de serviços de iluminação pública no município.

Rubens Fernandes, o Rubão (PSD), disse que pediu a abertura da CEI porque a Prefeitura pagava muito e a Ribeirão Luz deixava a cidade no escuro. “Já pagou mais de R$ 4 milhões e boa parte da cidade estava apagada. Tem que investigar”, disse Rubão. O líder de governo dentro da Câmara, Amaury Dias (PV), rebateu Rubão e disse que o projeto era inconsistente juridicamente e que o parlamentar “jogou o projeto para a galera”.

continua após a publicidade

O requerimento precisava de seis votos para ser aprovado, mas apenas Rubão, Amigão (PTC) e Danilo da Casa da Sopa (PSB) foram à favor.