O objetivo das modificações propostas, é aprimorar o que apresentava demandas de melhorias e implantar a modernização da Administração Municipal, para tornar os serviços públicos prestados mais eficientes.

Pela Reorganização Administrativa, o Executivo apresentou algumas mudanças, entre as quais os destaques estão a extinção da Secretaria de Assuntos Estratégicos. A Cultura terá estrutura própria, sendo desvinculada da Secretaria de Educação.

O objetivo é fortalecer as ações do setor, considerando a necessidade de se buscar novas parcerias e projetos junto ao Ministério da Cultura e, ainda, ampliar a meta de atividades atreladas à área.  Reorganização também contemplará a estrutura do Gabinete do Prefeito, com a criação de Secretaria Chefe do Gabinete do Prefeito.

Respeitando as determinações contidas na decisão do Tribunal de Justiça do Estado, e em semelhança com a disponibilidade orçamentária financeira do município, o Plano de Cargos, Salários e Carreiras traz, entre as propostas, o equilíbrio do salário de professores de educação física ao piso nacional dos professores e adequação salarial para a valorização do trabalho dos Guardas Civis Municipais.

Outra medida que está contida no projeto de lei é a elevação de exigência profissional para cargos técnicos, a exemplo de secretários adjuntos. Quanto maior o cargo, maiores serão as atribuições e exigência de experiência e formação profissional, inclusive com a necessidade de formação superior para os cargos de adjunto.