A equipe do DiároRP esteve presente na Quadra Municipal da cidade de Rio Grande da Serra, por receber diversas reclamações diariamente dos moradores.

Segundo informações, dentro da quadra a situação está cada vez pior, são diversos lixos acumulados, entre eles fezes de pombo, que pode acarretar na Criptococose: principal doença transmitida pelos pombos, que contamina as pessoas através da inalação de fungos que estão presentes nas fezes deste animal. Ela ataca o pulmão e pode chegar também ao sistema nervoso central, ocasionando sintomas como dor de cabeça, sonolência e febre. Em alguns casos, pode causar até meningite. Cerca de 30% das pessoas infectadas morrem.

Através de um munícipe tivemos a informação de que um morador da cidade teria quebrado a perna em razão das condições que a Quadra Municipal se encontra nos dias atuais. Entramos em contato com a Prefeitura de Rio Grande da Serra, e até o momento não tivemos nenhuma resposta.