A Secretaria de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires está reforçando as orientações para equipes da rede municipal. Profissionais da Unidade de Pronto Atendimento Santa Luzia participaram durante o último mês de treinamento sobre a correta destinação de resíduos da saúde e métodos de assepsia. A atividade integra calendário de qualificação e atualização dos profissionais que está sendo implantado pela Prefeitura. Mais de 60 profissionais participaram da ação.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

Os treinamentos, que somaram mais de seis horas de atividades, foram ministrados por enfermeiras das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica. Além de abordar a correta destinação dos resíduos hospitalares, foram apresentados os fluxos de trabalho e feitas atualizações sobre notificações compulsórias, bem como sobre boas práticas na Central de Material e Esterilização da UPA.

“Nossas equipes da Vigilância à Saúde estão sempre atualizadas sobre as melhores práticas e regulações do serviço de saúde. A atualização dos profissionais da UPA e de outras unidades de atendimento em nossa rede são essenciais para garantir segurança tanto aos pacientes como também às equipes do setor. Além disso, a ação integra o plano de humanização estabelecido pelo prefeito Kiko, e que seguimos a risca para melhorar o serviço que prestamos aos moradores”, explicou a secretária de Saúde e Higiene, Patrícia Freitas.

No mês de junho, técnicos das vigilâncias Sanitária e Epidemiológica do município promoveram atividade de orientação aos profissionais do Hospital Ribeirão Pires, unidade de saúde particular da cidade. A convite do Hospital, as profissionais apresentaram técnicas e informações sobre a importância de lavar bem as mãos antes e após procedimentos em pacientes, na campanha “Mãos que Salvam”.