O Prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira, o Kiko (PSB), assinou na tarde desta terça-feira (3), convênio com a Secretaria de Saúde do Governo Estadual para a liberação de R$ 3 milhões para a retomada das obras do Complexo Hospitalar Municipal, no bairro Santa Luzia. O recurso total pleiteado é de R$ 7,4 milhões estimados para a conclusão das obras na futura unidade de atendimento da cidade.

“Este é, sem dúvida, um importante avanço para Ribeirão Pires que, com o apoio do governador Márcio França e da equipe técnica do Governo, terá agora condições de retomar as obras do Complexo que por anos ficaram paradas. Erros de gestores passados causaram prejuízos ao andamento desta construção. A retomada das obras está entre as prioridades de nosso Governo e não pouparemos esforços, a exemplo do que fazemos desde o início do último ano, para entregar o equipamento de saúde em funcionamento aos moradores”, declarou o prefeito Kiko.

Pelo projeto atual, os R$ 3 milhões deste 1º módulo serão destinados às obras do pavimento térreo, que correspondem ao Centro Cirúrgico/Obstétrico. Para o módulo 2, foram solicitados R$ 2,3 milhões para a conclusão dos 2º e 3º andares. Para o módulo 3, estão previstos R$ 2,1 milhões destinados à conclusão de mobiliário com estrutura, ar condicionado, telecomunicação, circuito de câmeras fechadas e equipamentos complementares.

Em março de 2017, o prefeito Kiko apresentou ao então governador Geraldo Alckmin projeto do Complexo Hospitalar e solicitou apoio para a retomada e conclusão das obras. O Estado sinalizou positivamente o repasse do recurso solicitado. As obras no local estão paralisadas desde 2013.

Além desta verba, Ribeirão Pires dispõe o valor de R$ 963 mil  já aprovado de uma emenda parlamentar federal para a conclusão do primeiro pavimento do Complexo Hospitalar. Neste pavimento já está em funcionamento laboratório de análises clínicas da rede municipal de saúde.