O prefeito Adler “Kiko” Teixeira (PSB) deixou claro desde o início do seu mandato em Ribeirão Pires – que iniciou em Janeiro de 2017 – que um dos principais objetivos do seu governo era regularizar o município junto ao Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos – Dadetur. Em razão de série de irregularidades cometidas pelos gestores anteriores em convênios do turismo junto ao Estado, a cidade ficou impedida de celebrar novas parcerias, chegando até a correr o risco de perder o título de Estância Turística.

Continua após a Publicidade

E a meta estabelecida pelo executivo está sendo cumprida, visto que em pouco mais de um ano de governo, Ribeirão já garantiu cerca de R$ 10 milhões junto ao Dadetur para viabilizar projetos que possam estimular o turismo na cidade.

Continua Após a Publicidade

A primeira conquista ocorreu ainda em 2017, quando foi concedido à Estância um valor de R$ 2,8 milhões para a primeira fase da construção do Boulevard Gastronô- mico – projeto que prevê a revitalização das ruas Felipe Sabbag, Stella Bruna Nardelli, Leonardo Meca e Avenida Fortuna –, que atualmente passa por processo de licitação. Já em Abril deste ano, Ribeirão Pires recebeu mais R$ 3 milhões para a implantação da segunda fase do Boulevard Gastronômico. E para completar, ainda nesta semana, o Dadetur confirmou uma verba de R$ 4,2 milhões para revitalização do Parque Milton Marinho de Moraes, que se encontra fechado por conta das obras do Teleférico. A nova proposta é transformar o local em um novo Parque Oriental da cidade, ponto que fará parte de nova rota turística do município.

Ambos os projetos passam pelos processos burocráticos, mas logo em seguida as obras serão iniciadas e devem movimentar o turismo de Ribeirão Pires em um futuro próximo, como garantem pessoas próximas do governo.