Lei que proíbe munícipes de alimentar os pombos é aprovada em definitivo pelo poder legislativo

Um dos projetos que mais vem causando indignação nos moradores de Ribeirão Pires foi aprovado em definitivo na sessão ordinária de Ribeirão Pires, ocorrida na última quinta-feira (01).

Continua após a publicidade.

De autoria do vereador Anselmo Martins (PR), a iniciativa visa proibir a alimentação dos pombos em locais públicos na Estância.  Inicialmente, seria aplicada uma multa de R$200,00 para quem fosse pego em flagrante alimentando os animais, mas uma emenda retirou esse valor para quem for pego alimentando os pombos.

O projeto é considerado confuso pela maioria da população, alguns vereadores e até o próprio autor que, quando questionado sobre a maneira que iria ser praticada a fiscalização, não soube responder de forma esclarecedora.

Em emenda apresentada, o parlamentar angariou votos que anteriormente eram contrários. Essa emenda retira a multa para casos em flagrante e também deixa a entender que o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) será o responsável pela vistoria. Quem for pego alimentando os animais será advertido e terá o recipiente apreendido no ato, caso a lei passe a vigorar.

Após passar na Câmara, o documento deve chegar para as mãos do executivo e ser analisado se vai ou não entrar em vigor.

Notícias relacionadas