Com direito a apagão, clássico Paulista termina empatado

Santos e Corinthians se enfrentaram pela décima rodada do Campeonato Paulista na tarde do último domingo (04), no Estádio Municipal do Pacaembú.

Continua após a publicidade.

O time da capital Paulista teve grande superioridade durante praticamente todo o primeiro tempo, abrindo o placar após chute de Renê Junior que contou com desvio do meio campista Léo Citadini. Com o “timão” na frente, a equipe praiana foi ao ataque sem muita qualidade, deixando a defesa exposta para os contra-ataques dos corinthianos. Em muitas oportunidades os comandados de Fábio Carille deixaram escapar a oportunidade de ampliar o placar.

Os santistas voltaram mais ligados no segundo tempo e dando muito sufoco para a defesa rival. No momento da partida que o Santos mais pressionava, os refletores do estádio apagaram e o jogo foi parado aos 20 minutos. Após mais de 50 minutos de paralisação, as equipes voltaram com muita intensidade e, após perder duas chances claras, os corinthianos viram o Santos empatar com gol do jovem Diogo Vitor, aos 42 do segundo tempo.

Logo em seguida veio o lance mais polêmico da partida: O zagueiro Balbuena derrubou o atacante rival na linha da grande área defensiva do seu time, mas o árbitro da partida marcou falta fora da área e deixou a equipe da baixada completamente indignada.

Com o empate, ambos os times seguem líderes de suas chaves e farão mais dois jogos até chegar na reta decisiva da competição.

Notícias relacionadas