Após reunião realizada no final da tarde desta quarta-feira (17), o Sindicato dos Metroviários decidiu realizar uma paralisação de 24 horas, a partir das 00:00h desta quinta-feira (19). Os funcionários farão isso em razão de um protesto contra a privatização da linha 5 Lilás do metrô e 17 Ouro de monotrilho.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

A Linha 4 – Amarela, do Metrô de São Paulo, irá operar normalmente nesta quinta-feira, apesar da greve anunciada. A linha é privatizada e é controlada pela concessionária ViaQuatro.

“O Metrô lamenta a decisão tomada pelo Sindicato dos Metroviários de deflagrar, a partir das 0h desta quinta-feira (18), uma greve que prejudicará milhares de paulistanos, os próprios metroviários e a Companhia.”, foi o que disse, em nota, a página oficial do Metrô de São Paulo.