Na última sexta-feira (7), por volta das 19h, uma jovem de 19 anos seguia em direção a Estação Ferroviária de Ribeirão Pires para seguir em direção à faculdade. A vítima, Bruna Luara, disse que em uma parte escura da rua por onde ia, havia um carro parado; um Logan prata acendeu as luzes e, segundo ela, por curiosidade e pelo susto do momento, acabou olhando para trás.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

“Quando eu vi, tinha um homem se masturbando dentro do carro parado. Eu continuei andando assustada, quando ouvi um barulho, era ele saindo do carro, seminu e gritando coisas do tipo: “vadia, vem aqui, vamos ali”.A única reação que consegui ter, foi andar mais rápido possível para fugir daquele cara”,

– Disse a vítima.

Enquanto andava apressada, Bruna percebeu que outro rapaz acabou virando em sua direção. Foi quando o homem assustado puxou as calças, entrou no carro e arrancou fugindo. Nervosa, ela comentou com alguns amigos que a esperavam.

“Nós ligamos para a Polícia que disse fazer uma ronda pelo local. Eles também disseram que ligariam de volta para me informar qualquer coisa, mas não retornaram”.

A vítima ainda relatou ao Diário de Ribeirão Pires que foi informada que um boletim de ocorrência “não adiantaria” de nada, pois não houve agressão ou roubo.

“Eu nunca ouvi falar de casos semelhantes a esse naquela rua, só de roubos de celular e outros tipos de assalto. Isso me deixou bastante apreensiva, pois o local está bastante abandonado”.

 – Finalizou a moça.