Passamos a vida inteira ouvindo que os vide-games não fazem bem para o nosso cérebro, não é mesmo? Mas essa informação vem perdendo força com o passar dos anos. Pesquisas realizadas por diversas universidades já provaram que, por exemplo, os jogadores de games de ação e estratégia, tendem a ser mais rápidos em tomar decisões.

Continua Após a Publicidade

Um novo estudo – este feito pela Universidade de Oxford, na Grã-Bretanha, e o Instituo Karolinska, na Suécia – começa a provar que Tetris, um dos games mais famosos de todos os tempos, pode ser eficiente no tratamento de pessoas que sofreram acidentes, por exemplo.

Estas duas entidades selecionaram pessoas que passaram por acidentes de carro e fizeram com que jogassem partidas de Tetris durante o período de seis horas após darem entrada no setor de emergência do hospital.

Segundo eles, o resultado foi de pessoas com menos tendência a desenvolver estresse pós-traumático depois de passarem um período desviando o foco do cérebro.

“Nossa hipótese foi que, após o trauma, os pacientes teriam menos memórias intrusivas se jogassem Tetris como parte de um curto processo de intervenção comportamental enquanto esperavam no pronto-socorro”.

 – Explicou Emily Holmes, professora de psicologia no Instituto Karolinska.

“Já que o game é visualmente exigente, nós queríamos ver se seria possível evitar que os aspectos intrusivos de memórias traumáticas se estabelecessem, interrompendo um processo conhecido como consolidação de memória.”

O estudo envolveu apenas 71 cobaias, então as duas instituições se propuseram a testar um grupo mais numeroso em breve. “Ainda é o começo e mais pesquisa é necessária”, disse ela.