Pais e Mães reclamam da falta de itens básicos. (Foto: DiárioRP)
Pais e Mães reclamam da falta de itens básicos. (Foto: DiárioRP)

A atual gestão sempre anunciou que a educação de Ribeirão Pires estava entre as melhores da região e que estava à frente de cidades vizinhas. Mas todo esse investimento anunciado pela Prefeitura, não é o que parece na prática.

\"CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE\"

De acordo com mães e pais que têm filhos matriculados em escolas municipais, desde o início do ano as unidades escolares estão com falta de itens básicos, como sacos de lixo, fraldas e até mesmo papel higiênico.

“Em muitas oportunidades, as crianças têm de levar alguns itens de casa. Como eles vão usar o banheiro se não tem papel higiênico?”

– Questionou uma mãe.

Ainda de acordo com munícipes, as diretoras precisam utilizar as verbas da Associação de Pais e Mestres, que são repasses do Estado, para comprar alguns destes itens. No documento que aponta as finalidades das verbas estaduais, constam atividades para difundir a cultura, manutenção das escolas, compra de materiais escolares, entre outros.

O Diário de Ribeirão Pires questionou a Prefeitura quanto aos problemas, no entanto, até o fechamento desta edição, não obtivemos qualquer resposta do órgão.